skip to content

PodCast Rádio Ciência - Geofísica Aplicada no Morro da Queimada e no sumidouro do Veloso

Juliana Silva Abreu e Maria Sílvia Carvalho Barbosa. Foto: Lucas Miranda

Podcast Rádio Ciência conversa com a professora de Geofísica Maria Sílvia Carvalho Barbosa e a estudante de Engenharia Geológica, Juliana Silva Abreu, sobre a Sociedade de Geofísica Aplicada (SGA), que é ligada à Escola de Minas da UFOP. A docente apresenta a importância da Geofísica ao citar os problemas recorrentes das barragens, que poderiam ser minimizados se a geofísica aplicada fosse utilizada, além do fato de sua alta aplicabilidade em diversos setores: “Tem também a parte da geofísica forense, por exemplo. Tem casos de encontrar corpos que foram enterrados,” afirma a professora Maria Sílvia.

Juliana Silva Abreu cita um exemplo prático de como a Sociedade de Geofísica Aplicada contribui para a população, em especial na cidade de Ouro Preto. “A SGA tem um trabalho de aplicado à geotecnia no bairro Veloso. Lá tem um sumidouro que está entrando água e não sabe pra onde que vai e ali tem muitas residências, têm aproximadamente mais de quatro mil  famílias naquela região. Então a gente fez alguns campos lá, virou até um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) usando a geofísica, eletronegatividade e magnetometria pra entender ali como que estava o fluxo de água naquele lugar, porque através disso a gente pode ver se pode ocorrer um futuro deslizamento” explica. Outro exemplo é citado pela docente no Morro da Queimda. A entrevista foi realizada dia 4 de junho na sede da emissora. Confira. 

Você confere novos episódios às segundas-feiras, a partir das 8h, na guia PodCast

Redação, Roteiro e Reportagem: Marina Martins de Sá Fonseca  / Captação de Áudio, Edição e Sonoplastia: Simei Gonderim 
Fotografia: Lucas Miranda / Supervisão de Jornalismo: Gláucio Santos 
Marina Martins de Sá Fonseca é estudante de Farmácia da UFOP e atua como bolsista nos processos formativos da emissora.